Gradil

Endereço: Floresta da Tijuca
Peça: Gradil
Data: Século XIX
Artista: Fundição Val D’Osne
Material: Ferro fundido

Histórico - Parte do gradil de ferro original do Campo de Santana. Este gradil foi removido para construção da Avenida Presidente Vargas, quando o Prefeito Henrique Dodswrth o cedeu a Castro Maya para ser colocado no Parque Nacional da Tijuca.

Fundição Val d'Osne - De modo diferente de outras fundições, à época, que se limitavam a produzir peças utilitárias como canos, vasos e placas, Victor André preferiu dedicar-se à fundição artística, obtendo sucesso em poucos anos. Já em 1844 a sua fundição contava com 220 operários, vindo a atingir o auge de sua produção entre 1870 e 1892, com o nome Societé Anonyme de Fonderies d'art du Val d'Osne. Fundidas nos ateliês de Val d’Osne, que fica em Haute-Marne, nordeste da França, existem no Brasil cerca de 130 obras: estátuas, fontes e peças do mobiliário urbano. A fábrica encerrou suas atividades em 1986, Nela trabalharam, ou fundiram suas obras, entre outros artistas, Mathurin Moreau, Jacquemart, Louis Sauvageau, August Martin e Henri Frédéric, todos com obras no Rio de Janeiro.

Fonte de pesquisa

- Monumento Urbanos (Banco Sudameris)
- http://pt.wikipedia.org
- http://www.planodemanejo.kit.net/vol3/anexo20.pdf