O bairro do Maracanã apresenta aspecto peculiar, uma vez que seu adensamento populacional, desenvolvimento urbano e processo de verticalização foram condicionados pelo leito do rio que dá origem ao seu nome (significando “rio do Papagaios” em indígena), o bairro que hoje tem como marco arquitetônico o maior estádio de futebol do mundo, o Estádio do Maracanã, construído em 1950 para a Copa do Mundo, na área do antigo Derby Clube.

Bellini Avenida Maracanã
João Saldanha Estádio Mário Filho
Louvor do Esporte Estádio Mário Filho
Zico Estádio Mário Filho
Juventude Praça Presidente Médici

No local da antiga favela do “Esqueleto”, removida na década de 1960, foi construído o “Campus” da atual Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ. Nele ficam as estações Maracanã da linha 2 do Metrô e Maracanã da Supervia.

Como vias principais destacam-se as avenidas Presidente Castelo Branco, Maracanã e a Rua São Francisco Xavier.