A origem de Itatiaia encontra-se ligada à de Resende, município ao qual pertencia até recentemente como sede distrital.

Os índios Puris, que ocupavam originalmente toda a área compreendida entre Queluz, no Estado de São Paulo, e Barra Mansa, no Rio de Janeiro, foram os primeiros habitantes das terras que formam o município.

A presença do homem branco só viria nos séculos XVII e XVIII. A necessidade do escoamento do ouro das Minas Gerais para os portos de Angra dos Reis e Paraty forçou a descida pela serra no roteiro onde hoje existe Mauá, ou pela Serra do Picu, passando por onde hoje é Itatiaia. Às margens de ambos os caminhos foram se estabelecendo pequenas áreas de ocupação pelos primitivos rancheiros, destinadas ao abastecimento e pouso dos tropeiros, que transportavam o ouro das minas para o litoral.

A colonização definitiva da região de Resende, porém, só se efetivou em 1744, com a chegada dos lavradores que se estabeleceram na margem esquerda do Paraíba do Sul, em área próxima a Agulhas Negras. Esse núcleo originou a criação do município, em 1749, com sede no arraial de Campo Alegre.

O período entre os séculos XVIII e XIX marca uma fase de transição econômica, passando da agricultura e pecuária de subsistência, que predominou entre os primeiros rancheiros, para o aparecimento das grandes fazendas de cana-de-açúcar e café, sendo a primeira atividade logo superada pela segunda.

É dessa época a formação das maiores fazendas da região, como a da Cachoeira, a Itatiaia, a Belos Prados, Campo Belo, a da Serra, a Fazendinha e a Fazenda do Barão de Mauá, esta última correspondendo à atual área do Parque Nacional de Itatiaia, com suas matas preservadas graças a seu proprietário não ter aderido à monocultura cafeeira. A povoação de Campo Alegre prosperou regularmente, embora no período imperial é que tenha havido grande surto econômico na região graças à cultura do café.

Em virtude do extraordinário desenvolvimento de sua economia, a freguesia foi elevada à categoria de vila em 1801, recebendo a denominação de Resende, e, em 1848, galgou à categoria de cidade.

Com o declínio da atividade cafeeira, a maioria das fazendas foi ocupada pela pecuária, o que garantiu a sobrevivência econômica local. Com a construção da Rodovia Presidente Dutra, por volta de 1950, cruzando o município de leste a oeste, e da Hidrelétrica de Funil, Itatiaia iniciou um novo ciclo de atividades e desenvolvimento, com a instalação de indústrias de grande expressão e o início da atividade turística.

O município foi criado em 1988, por desmembramento de Resende. Sua história, porém, tem mais de 170 anos, sendo a data de 5 de abril de 1839 o marco da fundação do povoamento inicial, com o nome de Campo Belo.

Biblioteca Municipal Dona Mariúcha

A Biblioteca Municipal foi inaugurada no dia 28 de agosto de 1996, e atualmente possui um acervo de 17 mil livros, e tem uma característica particular que permite as crianças que a visitam ouvir estórias infantis dos livros do acervo interpretadas pela responsável pela Biblioteca, Sr.ª Helenice Dile Evangelista Barbosa.

Casa de Pedra ( Em Penedo )

O colono finlandês Toivo Uukállio construiu a casa para sua noiva finlandesa . O casamento foi feito por carta e ela veio para o Brasil . Quando chegou não gostou da casa e, como sentia muito calor , voltou para sua terra natal Visitação somente com permissão da administração .

Casa do Papai Noel de Penedo

A Casa do Papai Noel já existe de longa data na Finlândia, localizada acima do Círculo Polar Ártico, um pouco ao norte da cidade de Rovaniemi. Por anos, a Figura de Papai Noel ficou associada às regiões frias do Ártico, como se ele não pudesse, assim como os próprios finlandeses, usufruir dos trópicos. Daí, surgiu a idéia de se construir uma casa de verão para o Papai Noel. Nada mais natural escolher a Vila de Penedo, o berço da colonização finlandesa no Brasil, para essa construção. Era, no entanto, necessário não se descacterizar o natural e originário "habitat"de Papai Noel. Estudos profundos foram realizados, viagens, contatos e aproximações foram feitas, de modo que tudo resultou no simpático Projeto intitulado Pequena Finlândia (cujo tema central se fixa na Casa do Papai Noel) e que apresenta com a maior fidelidade possível uma pequena e interiorana cidade daquele país nordico lembrando as graciosas cidades de Porvoo e Rauma.

Igreja Matriz de São José

Em 5 de abril de 1839 foi instalado o Curato Eclesiástico de São José do Campo Belo (antigo nome do município de Itatiaia). A primitiva Capela da Igreja Matriz de São José data de 1839, tendo sido erigida em terras doadas por D. Silvéria Soares Lucinda, com a condição de invocar São José, padroeiro de sua família. Esta Capela deu origem a atual Igreja de São José padroeiro do Município de Itatiaia.

Museu Regional da Fauna e Flora do Parque Nacional de Itatiaia

Museu Regional da Fauna e Flora, subordinado ao IBAMA, órgão do Ministério do Meio Ambiente, iniciou suas atividades em 1942. É formado por três pavilhões em forma de U e tem três pavimentos. Situa-se em uma clareira do Parque Nacional do Itatiaia, entre jardins gramados e arborizados e circundado pela densa vegetação do Parque. Seu acervo é formado por material em exposição e coleções para estudo, de caráter regional, constituindo-se de: 2.328 espécies de frutos, 400 peças preparadas de animais (répteis, aves e mamíferos) e 2.254 artrópodes (insetos e aracnídeos), em exposição. Na coleção de estudos existem 1.108 animais preparados, 10.200 artrópodes e 7000 amostras de flora. As primeiras coleções foram registradas em 1913 e 1923, respectivamente material botânico e zoológico, sendo este último representado por insetos. No segundo andar do prédio funciona a Biblioteca do Museu.

Planalto do Itatiaia

É uma seção da Serra da Mantiqueira que compreende a altitude entre 2000 e 2787 metros. Nele estão localizados alguns atrativos de grande beleza natural como :o Pico das Agulhas Negras, Prateleiras, Pedras da Maçã, da Tartaruga, Sentada, do Couto, o Morro do Altar e a Asa do Hermes entre outros. A temperatura chega a 15 graus negativos, no inverno, podendo ocorrer neve.