Caixa d'água

Exemplar de arquitetura industrializada em ferro, com estruturas importadas da Casa Fouila, Fréres & Cia., de Paris, pela Cia. Hidráulica Pelotense, em 1872. Sua construção foi concluída em 1875, pouco depois de iniciado o abastecimento de água potável na cidade. O reservatório, construído com elementos pré-fabricados de ferro, tem forma cilíndrica, com diâmetro de 15 m. Apoia-se em 45 colunas esbeltas, com 8 m de altura, decoradas com detalhes em ferro fundido. No centro, uma escada em caracol conduz ao torreão, coberto por um zimbório, que se constitui num mirante. Localiza-se no centro da praça Piratinino de Almeida e ainda hoje é utilizada em sua função original.

Casas à Praça Coronel Pedro Osório, 2, 6 e 8

O conjunto é formado por três casarões em estilo eclético, construídos por volta de 1880, por charqueadores e políticos de famílias tradicionais como Viana, Moreira, Albuquerque Barros e Antunes Maciel. Os interiores apresentam requintados forros em gesso e em marmorino, pinturas e barras decorativas nas paredes e esquadrias com vidros de cristal trabalhados. Nos exteriores, há gradis de ferro fundido, além de platibandas decoradas com estátuas e jarrões de louça. Sua arquitetura utilizou projetos, materiais e elementos decorativos importados da Europa. A cidade de Pelotas alcançou grande desenvolvimento econômico no século XIX, em função das charqueadas instaladas nas imediações, nas quais se produzia carne salgada, vendida para outras regiões do país com alto lucro. O antigo vilarejo às margens do Rio Pelotas foi abandonado e um outro, de traçado planejado, foi construído, contando com edificações que expressavam o poder e a sofisticação das ricas famílias locais.

Teatro Sete de Abril

Inaugurado em 1834, o prédio foi construído a partir de projeto do engenheiro militar alemão Eduardo Von Kretschmar e passou, posteriormente, por duas reformas. A construção possui dois pavimentos. No térreo havia um pórtico com colunas dóricas, que avançava sobre a calçada e, no pavimento superior, uma sacada com gradis metálicos. A platibanda possuía óculos ovais e a cobertura, mansardas. A primeira reforma ocorreu no final do século XIX (1895) e a segunda, que deu à construção sua feição atual, foi efetuada em 1916, sob influência do Art-nouveau, suprimindo o pórtico e a varanda. Sua sala à italiana, com decoração sóbria, possui galerias protegidas com gradis metálicos. A Sociedade Scenica do Theatro Sete de Abril foi criada em 1831, para festejar a abdicação de D. Pedro I. O teatro mantém-se em funcionamento desde sua fundação. No passado, recebeu inúmeras companhias de ópera européias, e abrigou a Filarmônica Pelotense.