Engenho do Mate

Exemplar de arquitetura rural construído por volta de 1870, é o ultimo remanescente dos inúmeros engenhos de soque de erva mate movidos a força hidráulica no Paraná. Apresenta planta quadrada e telhado de quatro águas em pavilhão. A técnica construtiva utilizada é a do pau-a-pique sobre embasamento de alvenaria de pedra. Foi restaurado entre 1980/1981. O tombamento abrange o acervo do museu e o seu terreno.