Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição

A história da Igreja Matriz de Matias Cardoso está ligada a incursões de bandeirantes paulistas no sertão mineiro em busca de ouro e pedras preciosas. Januário Cardoso foi o principal benfeitor do arraial, assim como edificador da igreja, provavelmente construída entre 1670 e 1673. Curiosa edificação, em forma de fortaleza, com estrutura auto portante em alvenaria de tijolos requeimados, apresenta duas torres laterais, quadrangulares, tendo coruchéus nos quatro ângulos e pináculo como cumeeira. Cercando a construção, muro com colunas nos ângulos e nos portões. Lateralmente a igreja apresenta uma sucessão de arcos semicirculares, formando um avarandado no térreo, sob os corredores superiores.