Igreja Matriz de Santana: fachadas

A matriz não possui nenhum documento que identifique o período em que foi construída. A torre foi construída pelo Padre Hermes Monteiro, no final do século XIX ou início do XX. A igreja é construída em pedra, com algumas paredes de tijolos e cal, madeiramento em cedro e vigas de angico. A fachada principal apresenta portas de vergas em arco abatido. As janelas do coro, e as laterais possuem vergas iguais às das portas. As janelas do coro possuem gradril em ferro batido. O frontão se desdobra em volutas nas laterais e é coroado por pináculos e cruz. A torre do lado direito é coroada por cúpula piramidal, sob base prismática. Sobre o coroamento dos cunhais, existem pináculos. Do lado esquerdo, sobre a corinja, há o frontão triangular. As fachadas laterais possuem janelas e portas de vergas retas e vãos retangulares.