Casa de Câmara e Cadeia

Foi construída entre os séculos XVIII e XIX. Em 1780, a obra foi paralisada por estar sendo utilizado barro para seus alicerces e foi retomada em 1800, pelo Capitão Roberto Correia da Silva, utilizando pedra e cal como havia sido combinado. Em 1862, as instalações foram transformadas em enfermaria para as vítimas do "cholera morbus" (cólera). No pátio, encontramos uma capela e dois alojamentos para soldados.