Capela de Nossa Senhora de Santana

A capela de Nossa Senhora Santana é o monumento mais antigo subsistente em Ilhéus. A capela, pertencente ao antigo Engenho de Santana na propriedade dos frades de Santo Antão, tendo sido construída no séc. XVII. A capela pertenceu a família de Mem de Sá e trata-se de importante imóvel, tanto no que diz respeito ao valor histórico, quanto às suas características arquitetônicas. Capela rural, construída em alvenaria de pedra e cal, apresentando partido em "T" incompleto. Sua planta é formada por nave única, capela-mor e pequena sacristia, além do alpendre que dá acesso à Capela. Possui torre sineira com "espadanã" . A fachada muito singela apresenta um predomínio dos cheios sobre o vazio. Seu interior é pobre, sem forro ou decoração. Existem na sacristia nichos e uma janela com conversadeira.

Capela de Nossa Senhora das Vitórias

Localizada no Alto de Teresópolis é uma das mais antigas do Brasil, construída na primeira metade do século XVI. Parcialmente destruída por um incêndio em 1887, sofreu uma brutal reedificação, em 1905 que alterou o seu desenho original. Todavia em 1970 teve nova restauração que procurou obedecer as linhas da primeira arquitetura.

Catedral São Sebastião

Sua construção foi iniciada em 1931 e concluída em 1967. É um templo em estilo neoclássico com vitrais artísticos, colunas e abóbodas sua imponente arquitetura é uma das principais atrações da cidade. Realizada todos os anos no dia 16 de janeiro a sua lavagem, o cortejo sai da sede do Sindicato dos Estivadores acompanhado por carroças ornamentadas, baianas típicas com jarros na cabeça e flores nas mãos, blocos afros e grande número de pessoas que seguem um roteiro até chegar a Catedral onde acontece a lavagem. Ali trios elétricos tocam para turistas e populares que cantam e dançam, enquanto as baianas lavam as escadarias da Catedral com "água de cheiro" trazida nas jarras.

Convento e Igreja de Nossa Senhora da Piedade

Esse conjunto erguido em área urbana, é um belíssimo exemplar da arquitetura neogótica. O interior da Igreja é dotado de riquíssimo sacrário e na área do Convento funciona um colégio desde 1916, sob a direção das Irmãs Ursulinas. O Convento foi concluído em 1928 e domina uma das mais belas paisagens de Ilhéus. Hoje é também um local de realização de Congressos e Seminários.

Estátua de Sapho

Única na América do Sul, colocada na praça J.J. Seabra em frente ao Palácio Paranaguá, esta estátua foi arrematada em leilão. Em estilo neoclássico, entalhada em mármore de Carrara no início do Século XX. Sapho foi uma poetisa grega, a primeira mulher registrada na história a lutar pelos direitos de igualdade entre homens e mulheres

Igreja de Nossa Senhora da Escada

Situada em Olivença a 18 km do centro de Ilhéus, foi construída pelos jesuítas no ano de 1700, em aldeamento indígena com desenho em estilo colonial. Tem por atrativo principal a imagem de Nossa Senhora da Escada, de traços barrocos.

Igreja Matriz de São Jorge dos Ilhéus

Inaugurada em 1556, foi construída com pedras de cantaria e atualmente é a Igreja mais antiga do centro de Ilhéus. Sofreu diversas reformas através dos séculos, porém conservou seu estilo primitivo. Aí funciona o Museu de Arte Sacra de Ilhéus que guarda uma imagem secular de São Jorge, valiosas peças sacras dos Séculos XVI, XVII e XVIII e um painel da história de Ilhéus.

Museu de Arte Sacra

Fundado em 1970, funciona no anexo da Igreja de São Jorge, sendo mantido pela Cúria Metropolitana. Abriga valiosas imagens barrocas, alfaias e documentos sacros.

Palacete Misael Tavares

Imponente prédio em estilo neoclássico, foi inaugurado em 1922 com um grande banquete ao qual compareceram as mais destacadas personalidades da gloriosa época dos coronéis do cacau. Localizado na Praça Rui Barbosa, hoje abriga a Loja Maçônica.

Palácio do Paranaguá ( Sede da Prefeitura Municipal )

Fundado em 22 de dezembro de 1907 na administração do Coronel Domingos Adami de Sá, localizado na praça J.J. Seabra. Antes da fundação da vila de São Jorge dos Ilhéus neste local existia uma aldeia indígena Tupi. Mais tarde nesta mesma área, os jesuítas construíram o seu colégio - "Casa Nossa Senhora do Socorro" quando os jesuítas foram expulsos do país em 1817 o antigo colégio servia de Câmara Municipal. O Coronel Domingos Adami de Sá iniciou a construção do atual Palácio Paranaguá em 22 de janeiro de 1898 após a demolição do antigo colégio. Construção em estilo neoclássico até hoje sede da Prefeitura Municipal de Ilhéus, sofreu algumas reformas mas sempre conservando a sua forma original, no seu interior estão expostos móveis, quadros e esculturas conservados e pertencentes ao patrimônio municipal.

Teatro Municipal

Inaugurado no ano de 1932 e reinaugurado em 1986 pelo então prefeito Jabes Ribeiro conservando a sua fachada original. Esse Teatro está localizado na praça Luiz Viana Filho ao lado da Catedral e do Bar Vesúvio. Ele tem capacidadepara 475 pessoas e uma infraestrutura das mais modernas do país.