Repleto de maravilhosos destinos turísticos, o Estado da Bahia oferece aos visitantes de tudo, um pouco. Belas praias, piscinas naturais, costões, falésias, cachoeiras, grutas, cavernas, entre muitas outras belezas naturais que encantam qualquer pessoa; além de importantes centros culturais e históricos que contam um pouco da história do País. E o melhor de tudo é que as atrações não estão concentradas somente na capital; ao contrário, estão espalhadas por todo o Estado.

- Cidade de Cachoeira
- Cidade de Cairu
- Cidade de Candeias
- Cidade de Castro Alves
- Cidade de Ilhéus
- Cidade de Itaparica
- Cidade de Jacobina
- Cidade de Jaguaripe

Salvador é a terceira maior metrópole do país. Por isso tem condições de proporcionar aos seus visitantes e à população local, não somente as facilidades de um centro urbano moderno e desenvolvido, mas também uma beleza natural incomparável, com seus 34km de belas praias bem conservadas, que constituem ótimas opções de lazer. Além disso, as ruas do Centro Histórico de Salvador – o Pelourinho – são capazes de transportar o turista aos primórdios da história do Brasil. Ali, bons conhecedores da cultura local, os guias turísticos, explicam tudo sobre os principais pontos de visitação que a cidade tem a apresentar.

- Cidade de Lauro de Freitas
- Cidade de Maragogipe
- Cidade de Mata de São João
- Cidade de Nazaré
- Cidade de Salvador
- Cidade de Santo Amaro
- Cidade de São Francisco do Conde
- Cidade de Vera Cruz

Assim, o turismo tem sido alvo de constante reconhecimento por parte do governo como grande gerador de emprego e de renda, impulsionando o desenvolvimento do Estado, das artes e a preservação dos patrimônios históricos, artísticos e culturais.

Para tanto, o Estado foi dividido em regiões turísticas. Entre elas encontramos a Baía de Todos os Santos, onde está inserida a capital Salvador; a Chapada Diamantina, que tem no município de Lençóis seu principal ponto de apoio à visitação de grutas, cavernas e cachoeiras; a Costa das Baleias, formada pelos municípios de Mucuri, Caravelas, Alcobaça, Parque Nacional Marinho de Abrolhos e Prado; a Costa dos Coqueiros, com praias belíssimas e pouco freqüentadas, que abrange Lauro de Freitas, Costa do Sauípe, Praia do Forte e Imbassaí; a Costa do Cacau, que centralizada em Ilhéus, abarca ainda Canavieiras, Itacaré, Reserva Biológica do Una, Salinas da Margarida e Muta; a Costa do Descobrimento, onde se destacam as cidades de Arraial D’Ajuda, Belmonte, Santa Cruz de Cabrália, e Porto Seguro; a Costa do Dendê, que conta com o pólo internacional de Morro de São Paulo, Guaibim, Valença, Boipeba, Baía de Camamu e Maraú, entre outras.

Esta distribuição dos destinos turísticos coloca à disposição dos visitantes novos pólos de lazer e diversão, valorizando o potencial que cada um deles tem a oferecer, como a prática de esportes e as mais variadas modalidades de turismo – ecoturismo, turismo de aventura, turismo rural, turismo religioso e turismo cultural.

Mas os atrativos não acabam aí. O litoral do Estado da Bahia destaca-se também entre os melhores locais para a prática de um dos esportes que mais cresce em todo o mundo, o surfe. Vários destinos baianos estão na lista dos detentores de boas ondas, como Ilhéus, Itacaré, Salvador e toda a região da Costa dos Coqueiros, principalmente a Praia do Forte.