No cruzamento da Estrada Real de Santa Cruz (correspondente às atuais ruas Intendente Magalhães e Ernani Cardoso) com a Estrada de Jacarepaguá (Cândido Benício) e a Estrada de Irajá (Domingos Lopes), havia um local onde os viajantes costumavam descansar, próximo a um pequeno campo onde havia uma feira de gado - o “Campinho” -, que acabou dando nome ao Largo. No século XVIII, foi aberta uma hospedaria onde Tiradentes pernoitava, em suas viagens ao Rio de Janeiro. Nas suas imediações existia pequena fortaleza, onde foi erguida uma capelinha (atual Igreja N.S. da Conceição).

Entre seus antigos moradores, destacavam-se o Capitão José de Couto Menezes e Ludovico Teles Barbosa, cujos descendentes abriram ruas na região. O Barão da Taquara também fez o mesmo no final do século XIX, gerando o atual bairro do Campinho – porta de entrada para Jacarepaguá -, onde nasceu a atriz Fernanda Montenegro.