O bairro formou-se ao longo das ruas João Vicente e Carolina Machado, de características predominantemente residenciais. Com a implantação da estrada de Ferro Dom Pedro II, depois Central do Brasil, foi inaugurada em 1914, a estação Prefeito Bento Ribeiro, de onde partia o antigo ramal do Campo dos Afonsos, desativado por volta de 1960.

Seu nome é uma homenagem a Bento Manuel Ribeiro Carneiro Monteiro, general e prefeito da Cidade de 1910 a 1914, no governo do Marechal Hermes da Fonseca.

Próxima à Estrada Real de Santa Cruz, atual Intendente Magalhães, existia uma fonte, muito usada pelos viajantes, que deu origem a estrada da Fontinha.