Piotr Uklański é um artista polonês e graduado da Academia de Belas Artes de Varsóvia, nascido em 1968 em Varsóvia. Ele usa várias mídias - desde a fotografia e as instalações até ao vídeo e arte de performance - para fazer uma guerra irônica e crítica contra o encanto sedutor de estereótipos na cultura popular e clichês visuais.

Suas obras falam tanto de alegria espontânea diante da beleza como de um sentimento de culpa que emerge de experimentá-lo. Uklański encontra a beleza em coisas banais e familiares, em lugares esquecidos ou onde ele aparece completamente inesperadamente, envolvendo seu público em situações criadas com o objetivo de produzir uma "boa" vibração, desencadeando um sentimento de nostalgia e sentimentalismo.