Mathurin Moreau nascido em Dijon em 18 de Novembro de 1822, Mathurin foi iniciado à arte por seu pai, o escultor Joseph Moreau. Mathurin e seus dois irmãos, Auguste e François, mais conhecido como Hippolyte, começaram ao lado do pai. Em 1841, ele ingressa na Escola de Belas-Artes de Paris, tornando-se aluno de Ramey e Dumont, que apreciam profundamente seu talento. Um ano mais tarde, é premiado com o segundo lugar em Roma e inicia no Salão em 1848.

Mathurin Moreau terá uma longa e fecunda carreira repleta de sucesso e honrarias. Suas obras são inumeráveis. Num estilo sempre clássico, ele consegue, de uma forma elegante e requintada, encontrar na mulher uma fonte inesgotável de inspiração. Como administrador de Val d'Osne, ele cria inúmeros modelos e participa dos aperfeiçoamentos técnicos.