Marcos Konder Netto (nascido em 11 de novembro de 1927, em Blumenau, SC) é um arquiteto, professor, poeta e pintor brasileiro, e um destacado representante da arquitetura moderna no país.

Foi presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento do Rio de Janeiro (IAB/RJ), de 1962 a 1964. Marcos Konder formou-se pela Faculdade Nacional de Arquitetura da Universidade do Brasil, atual UFRJ, e trabalhou no início da carreira com os conhecidos arquitetos Sérgio Bernardes e Affonso Eduardo Reidy.

O mais conhecido projeto de Marcos Konder, em colaboração com Hélio Ribas Marinho, que depois viria a ser seu sócio, foi o Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, erguido no Rio de Janeiro, no Aterro do Flamengo e mais conhecido como Monumento aos Pracinhas. O monumento cobre uma área de 6.850 metros quadrados, em três planos: subsolo, patamar e plataforma, e conta com obras de escultura de Alfredo Ceschiatti e Júlio Cateef Filho, além de pinturas murais de Anísio Medeiros.