Jean de Bologne nasceu em Douai por volta de 1529 e falecido em Florença em 1608. Escultor e arquiteto, Jean de Bologne estudará em Roma e trabalhará em Florença com Miquelângelo. Seu talento chamará a atenção da família Médicis que lhe confiará importantes encomendas.

Por volta de 1564, ele irá confeccionar uma estátua de mércurio, "cujo alçar do vôo possui movimento e leveza admiraveis". A busca do movimento caracteriza todo obra. Ele se situa na origem do grande estilo, o "maneirismo".

Jean de Bologne é o único escultor do século XVI que teve presença que teve preservada uma grande quantidade de modelos originais para a fundição (dictionnaire Bénézit). Pradier, Lequeste e a maioria dos escultores franceses do século XIX irão receber forte influência de Jean de Bologne.