Humberto Cozzo é formado pelo Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo em 1920, freqüentou logo depois o ateliê de Amadeu Zani. Entre as premiações que conquistou destacam-se o primeiro prêmio de escultura no Salão do Centenário, em São Paulo, 1922, e uma medalha de prata no Salão Nacional de Belas Artes, em 1928.

Realizou muitas obras para o espaço público, entre elas o monumento a José de Alencar, em Fortaleza, e o monumento a Machado de Assis, pátio da Academia Brasileira de Letras, Rio de Janeiro. Sua obra integra o acervo do Museu Nacional de Belas e de museus de São Paulo. No exterior, tem obras em museus da Argentina e de Portugal. Humberto Cozzo era o nome artístico do cidadão Bartolomeu Cozzo.