Heitor da Silva Costa (Rio de Janeiro, 25 de julho de 1873 — Rio de Janeiro, 21 de abril de 1947) foi um engenheiro brasileiro. Engenheiro e professor da Escola Politécnica do Rio de Janeiro (1914).

Dedicou-se à construção de vários edifícios, igrejas e monumentos religiosos: monumentos ao Barão do Rio Branco, Imperador D. Pedro II, Pasteur. Foi o autor do projeto da estátua do Cristo Redentor (1923), pelo qual ganhou o Prêmio Paulo de Frontin (do Clube de Engenharia); em Petrópolis foi responsável pela construção da Catedral São Pedro de Alcântara, da Capela do Colégio Notre Dame de Sion, do Trono de Fátima.