Gabriel Dubray conhecido como Vital-Dubray, nasceu em Paris em 1813 e faleceu em 1892. Filho de entalhador Dubray estudará gravura antes de se tornar pupilo de Ramey na Ecole des beaux-arts.

Ele irá expor no Salão de 1840 até 1882 e participará da decoração do Louvre, da Ópera, do Hôtel Ville, da Sorbonne, do Petit Palais e igrejas e teatros. Este escultor entregará apenas um modelo à fundição artística Ducel: Netuno, de 1856, que será apresentado na Exposição internacional de Londres em 1862.

Em 1878, Val d’Osne comprará o acervo de modelos de Ducel e dará prosseguimento à edição de Netuno, conservando o cartucho de origem. Esta estátua é encontrada em cerca de dez países.