Charles Auguste Lebourg (1829/1906), depois de estudar escultura em Nantes, sua terra natal, ingressará em 1851 no ateliê de Rude. Sua carreira, repleta de prêmios e encomendas públicas, dará uma reviravolta decisiva ao encontrar Sir Richard Wallace, um rico herdeiro inglês cujo busto esculpirá bem como o de Lady Wallace.

Wallace, apaixonado por Paris, ficou surpreso com a pouca quantidade de pontos d'água de que dispunham os habitantes da cidade, atacada pelos prussianos em 1870. Tomou assim a decisão de oferecer à cidade de Paris "drinkings fountains", semelhantes às de Londres, e para tanto recorreu a Charles Lebourg que projetou dois modelos: um chafariz mural e o famoso "Wallace", com cariátides, que daria a volta ao mundo, inúmeras vezes copiado mas nunca igualado.

Foi Barbezat, em Val d'Osne, o moldador e ajustador dos 40 chafarizes encomendados pelo mecenas. Na realidade, haverá mais de cem.