Bruno Lechowski (Varsóvia, 1887 - Rio de Janeiro, 1941) foi um músico, pintor, desenhista e professor polonês que se radicou no Brasil. Antes de tomar gosto pela pintura, ainda menino tornou-se um excelente violinista.

Mas como os pinceis prevaleceram sobre o arco, foi estudar na Academia de Belas Artes de Kiev e, em seguida, na Academia de São Petersburgo onde se formou. Voltou a Varsóvia e, em sua cidade natal, tornou-se professor da Escola de Belas Artes.

Em 1926 transferiu-se para o Brasil onde permaneceria até o final de sua vida. Participou do Núcleo Bernardelli, mas como já era um artista mais velho e com maiores conhecimentos do que seus jovens companheiros, na realidade exerceu o papel de orientador dos demais. Um de seus principais orientandos foi o marinhista José Pancetti.